07.05.2019

Como ir do bom para o ótimo com um processo de Coaching Comportamental?

  • Home /
  • Blog /
  • Como ir do bom para o ótimo com um processo de Coaching Comportamental?

Quando inicio um processo de Coaching Comportamental busco entender como é possível ajudar as pessoas a se tornarem ainda melhores. Algumas perguntas são feitas para direcionar o trabalho que será realizado. E as respostas para essas questões são o ponto inicial de todo o processo de mudança que será realizado.

Costumo dizer que ao iniciarmos um processo de Coaching, iniciamos uma viagem juntos. Seremos companheiros nessa jornada, Coach e Cliente, por um tempo estaremos caminhando lado a lado.

Como definir essa rota? Como não errar na escolha dos comportamentos chave? Como entender o que é importante para o profissional? Gosto de trabalhar algumas perguntas para ter essas informações tão importantes para o processo.

Estas são algumas das perguntas direcionadas para conhecer melhor os objetivos de cada pessoa que busca se desenvolver:

  1. Onde nós estamos indo?
  2. Onde você está indo?
  3. O que você pensa estar fazendo bem?
  4. Me dê algumas sugestões para seu desenvolvimento.
  5. Como eu posso te ajudar a chegar lá?

É neste sentido que eu gostaria de escrever este texto, compartilhando como acontece a identificação dos pontos de melhorias, como conseguimos chegar em uma autoanalise dentro deste processo, como trabalhamos os pontos corretos e importantes para o desenvolvimento profissional. Como saímos do bom para o ótimo.

São cinco questões básicas, simples, mas que despertam uma grande reflexão em relação ao que queremos alcançar.

Como ajudar as pessoas a identificar e decidir quais áreas elas querem mudar. Afinal a mudança é do cliente e não do Coach, e nessa missão o papel do Coach é de ajudar o profissional a perceber como é possível fazer melhor.

Saiba quem você é, onde você está, e o que precisa alcançar. Esta é a primeira etapa do trabalho.

As perguntas são de fácil compreensão, porque a ideia não é complicar o que é simples. O objetivo é conseguir informações de valor, com uma lógica, uma razão para acontecer.

É importante que o profissional escolha mudar algo que seja importante e necessário, assim ele estará comprometido com o processo.

O Coaching é um negócio baseado em necessidades. Como por exemplo quando precisamos ir ao dentista, salão de beleza, ou a um restaurante italiano, só entra quem precisa daquele serviço ou aquele que quer comer comida italiana. Não podemos iniciar um processo de Coaching sem entender a necessidade que existe em fazê-lo.

A mudança de comportamento é sempre um grande desafio, porque estamos acostumados a fazer, a agir de uma forma e precisaremos treinar o novo comportamento. Mas quando alcançamos a mudança, é um grande progresso, crescemos, aprendemos, amadurecemos como pessoas e como profissional.

Escolha algo no seu comportamento que seja importante melhorar, que seja importante para você, sua empresa, sua família…e permita-se fazer mudanças. Não corra o risco de levar uma vida imutável.

Vamos tentar?

O QUE EU GOSTARIA DE MUDAR QUE É IMPORTANTE E NECESSÁRIO?

O QUE EU POSSO FAZER PARA MELHORAR ISSO?

Que suas respostas possam ajudar você a sair do ponto A para o ponto B, ou seja, do bom para o ótimo. Boa reflexão!

Veja também

Por que me sentir incomodado é bom profissionalmente
22.03.2019
ENTUSIASMO NEGATIVO versus ENTUSIASMO POSITIVO
30.07.2019
A vida é boa, e pode ser boa para quem trabalha com você
30.05.2019
LÍDERES BEM SUCEDIDOS MELHORAM COM FEEDBACK E FEEDFORWARD
02.07.2019